Seguidores, siga-os também... vale a pena

It's Really true!! Funciona mesmo!!

Curta! Enjoy it!
O mundo com olhar de criança...


Lembre-se de visitar os blogs parceiros e amigos, podendo acompanhá-los a partir deste blog, na seção abaixo dos posts.
Confira os vídeos!
Sinta-se à vontade!

Sua opinião é muito importante, por isso mesmo, comente!

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Refletindo...

"Os nosso recomeços são apenas oportunidades de vivenciarmos, um de cada vez, os sonhos que vamos vivendo..." Rev. Gerson Freire


Pensando nessa afirmação acima do blog de meu querido amigo Gerson Freire (gersonfreire.blogspot.com):

- Existe mesmo um re-começo, existe re-começar?

Reflitamos... O que seria um "começo"? Algo que se inicia, seja um projeto, um sonho, um ato, uma carta, ou o que for, mas está iniciando-se partindo do pressuposto que não tenha sido iniciado ainda, popularmente "do nada", "do zero".
Agora, se Re-começarmos é começar de novo, porém, como começar o que já foi começado?
Alguém poderia me dizer: "é como um círculo" mas qual o começo do círculo?
pegando uma aliança na mão, qual seria o começo deste círculo, e então o recomeço deste círculo?

às vezes fracassamos e precisamos começar uma nova etapa. Mesmo que sejam os mesmos objetivvos, não é um recomeço. É um começo, outro começo. Mas não o início novamente, pois as experiências, as vivências, ou seja, todo o aprendizado levam-nos a uma nova situação, um novo começo a todo tempo; não é recomeço pois não começamos DE NOVO, não viveremos novamente um início que já foi, pois justamente já foi, e já experienciamos o novo do próximo instante que transforma em anterior o que Está. Quando transcendemos a nossa própria concepção sobre nós mesmos, sobre si, e deixamos o Estar-no-mundo para trás, pois essa loucura do que rotulam de pós-moderno, mais parecido com antropofagia, nos cercea e nos ata em um mundo que apenas Estamos, quando deixamos o Estar-no-mundo e vivenciamos o Ser-no-mundo, encaramos sempre a possibilidade do novo ser novo, mas não de novo, apenas novo pela experiência inédita que torna-se quando a vivemos. Por isso "sonhos que vamos vivendo"! Vivemos sonhos pelo acúmulo do novo... O novo que apenas deixa de ser, mas permanece...

Muitos confundem círculo com ciclo...
círculo... sempre volta para o mesmo ponto... às vezes, estático ou em movimento, são iguais...
ciclo... é processual... contínuo...
círculo... sem início, sem fim...
ciclo... novo, novo, novo, novo, novo...

Mas, principalmente, vivamos atemporalmente, pois o que realmente importa é atemporal...

só outro pensamento...

2 comentários:

  1. Parabéns Yuri, seu blog é muito interessante e os assuntos são inteligentes.

    ResponderExcluir
  2. Uma vez mais se constrói
    a aérea casa da esperança
    nela reluzem alfaias
    de sonho e de amor: aliança.

    Carlos Drummond de Andrade
    (Dezembro de 1973)

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...