Seguidores, siga-os também... vale a pena

It's Really true!! Funciona mesmo!!

Curta! Enjoy it!
O mundo com olhar de criança...


Lembre-se de visitar os blogs parceiros e amigos, podendo acompanhá-los a partir deste blog, na seção abaixo dos posts.
Confira os vídeos!
Sinta-se à vontade!

Sua opinião é muito importante, por isso mesmo, comente!

segunda-feira, 18 de maio de 2009

O POVO do CORAÇÃO AQUECIDO…

por Bispo Adriel de Souza Maia

A "Celebração do Coração Aquecido" tem muitas motivações importantes. Podemos relembrar a experiência com Cristo vivida pelo fundador do Metodismo, John Wesley, e, especialmente os seus ensinos a partir das doutrinas e marcas fundamentais do movimento metodista:
l A graça de Deus vivenciada por meio da experiência pessoal e comunitária (Ne 8.3-6; Ef 4.25-32; Tt 2.11; 2Pe 3.18, 1Pe 5.12).
2 A obra do Espírito Santo na vida do cristão e da cristã e da Igreja (Jz 20.26-28;
At 1.8; 2.1-14; 2.38; Jo 16.7-14; 15.26; 14.16; 1Co 6.19).
3 A paixão evangelizadora (1Rs 8.12-14 e 8.22-33: Dt 10.17; Mt 28.18-20; Ef 2.8, 4.29; Lc 9.57-62; Lc 14.15-24; Lc 16.13; Jo 3.16; 2Co 8.9).

Espalhar a santidade bíblica por toda terra era um dos lemas de John Wesley. A doutrina da santificação wesleyana inclui dois movimentos que devem estar integrados:
os atos de piedade e os atos de misericórdia.

COMPROMISSO COM DEUS A PARTIR DOS ATOS DE PIEDADE

Atos de piedade são ações que levam à experiência pessoal com Deus, ao crescimento
e maturidade espiritual. Desenvolvem-se na participação na ceia do Senhor,
leitura devocional da Bíblia, prática da oração, do jejum, participação nas vigílias,
nos cultos etc. (Gn 12.2; Is 40.21; Sl 120.1-7; Tg 5.16).

COMPROMISSO COM DEUS A PARTIR DOS ATOS DE MISERICÓRDIA

Ação concreta de amor em favor das pessoas e do mundo. E mundo inclui tanto o ser
humano como seres vivos e a natureza. Toda a criação de Deus. São atos de misericórdia:
a solidariedade ativa junto aos pobres, às pessoas necessitadas e marginalizadas, a
preservação do meio ambiente, o cuidado com os recursos naturais (a água...). Enfim, o compromisso com a justiça social para a promoção do bem comum (Mt 10.8; Ec 9.10;
Jo 1.16; Mc 16.15; Lc 10.25-37; Tg 2.14-26; Is 41.3; Mq 6.6-8).
Para Wesley, não há santidade sem a conjugação adequada desses dois aspectos.
Segundo ele, a santificação se concretiza na interação humana. Enquanto a justificação pressupõe um ato de fé pessoal, a santificação pressupõe a existência do outro, do próximo, tanto no nível comunitário eclesiástico como na esfera pública. Na tradição wesleyana, ninguém se santifica sozinho, pois a santificação é sócio-comunitária. No entendimento de Wesley "não há santidade que não seja santidade social (...) reduzir o Cristianismo tão somente a uma expressão solitária é destruí-lo".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...