Seguidores, siga-os também... vale a pena

It's Really true!! Funciona mesmo!!

Curta! Enjoy it!
O mundo com olhar de criança...


Lembre-se de visitar os blogs parceiros e amigos, podendo acompanhá-los a partir deste blog, na seção abaixo dos posts.
Confira os vídeos!
Sinta-se à vontade!

Sua opinião é muito importante, por isso mesmo, comente!

sábado, 27 de dezembro de 2008

Tudo se mantém igual...

THE SABBATH REST by Samuel Hirszenberg (1866-1908). Oil on canvas 1894


Lc 23:54 E era o dia da Preparação, e amanhecia o sábado.

Contextualizando... Era Páscoa, dia dos Pães Asmos. Festa Religiosa.
Porém Jesus acabara de ser crucificado. Se observarmos bem, por exemplo, em Lc 23:49 "E todos os seus conhecidos, e as mulheres que juntamente o haviam seguido desde a Galiléia, estavam de longe vendo estas coisas". Viam de longe Jesus ser crucificado, batiam em seus peitos, mas quando o espetáculo acabou (vv 23:48), a festa religiosa ainda estava lá, mais importante que o fato que acabara de acontecer, pois "repousaram no sábado, conforme o mandamento". 
É triste ver como a religiosidade estava incutida no inconsciente coletivo dessa sociedade. Seguiam de longe Jesus. Viam-no de longe. Deixaram Jesus sozinho.
E não aprenderam nada. 
Foi-se o espetáculo e a Festa Religiosa voltou a ser o foco. Elas precisavam (criam nisso) preparar as especiarias e óleos para embalsamarem Jesus (que coisa faraônica!), pois ele havia morrido e tudo se acabara, não tinham entendido o propósito de sua morte. Todos os discípulos cabisbaixos e decepcionados, pois seu Messias (político) havia sido derrotado pela morte, era nisso que pensavam os discípulos, continuando cegos à mensagem d´Ele (vide a passagem dos discípulos no caminho para Emaús).
E nós? Passou-se o Natal e tudo bem. Já imaginaram um Natal sem haver troca de presentes? Sem Papai Noel
Um Natal onde apenas celebrar-se-ia o nascimento de Jesus... Nós daríamos um presente sim, mas somente a Ele: nossos corações, nossas vidas.
Sem querer, onde uma ideologia dominante nos afastando de Deus (o inimigo é mesmo sujo, ou, como diria meu amigo Denis Cambalhota, é Xujo, é um gnomo xuuujo!) e fazendo ensinar um Natal contrário ao propósito de Deus! Sai!! 
Preocupamo-nos em enfeitar nossas casas, comprar árvore de Natal e deixá-la toda bonita, muitos presentes para todos os queridos e visitas, ver o Papai Noel nos shoppings (ou melhor São Nicolau, Santa Claus) e, sem querer, adorá-lo, pois Natal sem papai noel não existe (pergunte para as crianças), natal é do papai noel, não é de Jesus (tá quase isso...). Ah! Sem falar que quem criou a imagem de Papai Noel foi a Coca-Cola... Cara, que consumismo mais bestial! Que coisa do inimigo estampada na nossa fronte... e nós adoramos a imagem da besta, mas, sem querer ? Será que é porque seguimos Jesus apenas de longe, vimos Ele apenas de longe? Damos preferência à religiosidade? Às festas religiosas?
Na Páscoa é a mesma coisa: coelhinho pra cá e pra lá, mas tem que ter chocolate.
Ou seja, o povo de Deus continua não aprendendo nada, e deixando Jesus sozinho na cruz. 
Afinal, Natal se foi, agora nos focaremos nas comemorações de Ano Novo.
Porque Jesus não nasce em nossos corações todos os dias? Natal todo dia!! WooW!! Nos darmos (isso mesmo, nós mesmos nos darmos) a Ele toda manhã, no mínimo!!! 

Jo 17:24 Pai, aqueles que me deste quero que, onde eu estiver, também eles estejam comigo, para que vejam a minha glória que me deste; porque tu me hás amado antes da fundação do mundo.

Não siga de longe, não deixe-O sozinho na cruz, não O negue.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...