Seguidores, siga-os também... vale a pena

It's Really true!! Funciona mesmo!!

Curta! Enjoy it!
O mundo com olhar de criança...


Lembre-se de visitar os blogs parceiros e amigos, podendo acompanhá-los a partir deste blog, na seção abaixo dos posts.
Confira os vídeos!
Sinta-se à vontade!

Sua opinião é muito importante, por isso mesmo, comente!

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Feliz Ano pela frente!


photo by Yuri Steinhoff, on Mongaguá, SP
É verdade, Deus está em todos os lugares... E não porque em todo canto que você olhar vai ter alguma coisa escrito: Deus é fiel, ou Jesus Salva, e similares; mas porque em todos os lugares há vida, e Deus precede a vida. Sim, a vida, que precede nosso amor, porém, não precede o Amor Dele, que primeiro nos amou. É, "nós o amamos a Ele porque Ele nos amou primeiro"(I Jo 4.19), ou deveríamos amá-lo, e também nos amarmos uns aos outros, não somente em palavras, mas, principalmente em ação. Por isso, nesse ano que começa, paremos um pouco e reflitamos sobre nosso discurso e sobre nossa prática: são coerentes e compatíveis? O quanto tem demonstrado esse amor? Pode ser apenas uma leve impressão, ou mesmo imprecisão, que tenho, mas, como tudo ultimamente, a palavra "amor" está, também, sendo banalizada. Muito se ouve: eu te amo, eu te amo em Cristo, e blábláblás... Mas e o amor que é demonstrado em ações, em obras? "Aquele, porém, que atenta bem para a lei perfeita da liberdade, e nisso persevera, não sendo ouvinte esquecidiço, mas fazedor da obra, este tal será bem-aventurado no seu feito. Se alguém entre vós cuida ser religioso, e não refreia a sua língua, antes engana o seu coração, a religião desse é vã. A religião pura e imaculada para com Deus, o Pai, é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações, e guardar-se da corrupção do mundo" (Tg 1.25-27). Disse John Wesley certa feita: "sou salvo, por isso pratico as obras". Quem ama, pratica esse amor, e em todo tempo. "Meus irmãos, que aproveita se alguém disser que tem fé, e não tiver as obras? Porventura a fé pode salvá-lo? E, se o irmão ou a irmã estiverem nus, e tiverem falta de mantimento quotidiano, E algum de vós lhes disser: Ide em paz, aquentai-vos, e fartai-vos; e não lhes derdes as coisas necessárias para o corpo, que proveito virá daí? Assim também a fé, se não tiver as obras, é morta em si mesma. Mas dirá alguém: Tu tens a fé, e eu tenho as obras; mostra-me a tua fé sem as tuas obras, e eu te mostrarei a minha fé pelas minhas obras. Tu crês que há um só Deus; fazes bem. Também os demônios o crêem, e estremecem. Mas, ó homem vão, queres tu saber que a fé sem as obras é morta? Porventura o nosso pai Abraão não foi justificado pelas obras, quando ofereceu sobre o altar o seu filho Isaque? Bem vês que a fé cooperou com as suas obras, e que pelas obras a fé foi aperfeiçoada. E cumpriu-se a Escritura, que diz: E creu Abraão em Deus, e foi-lhe isso imputado como justiça, e foi chamado o amigo de Deus. Vedes então que o homem é justificado pelas obras, e não somente pela fé. E de igual modo Raabe, a meretriz, não foi também justificada pelas obras, quando recolheu os emissários, e os despediu por outro caminho? Porque, assim como o corpo sem o espírito está morto, assim também a fé sem obras é morta". (Tg 2.14-26). Fica claro que aquele que tem fé, ama o próximo, e por amar este proximo ("E quem é meu próximo?" Lc 10.29) está junto a este próximo (que não está longe, por sinal... óbvio, mas esquecido...). Aquele com necessidades é o seu próximo? Sim, da mesma forma que quem mora contigo também é o seu próximo e necessita d seu amor; da mesma forma que seu vizinho, os do seu bairro, aqueles da sua comunidade de fé. Há muitos próximos que necessitam de amor, e lembrando que você também é um "próximo". Amar ao próximo como a ti mesmo (Mt 22.39). O amor que nos faz caminhar corretamente, que nos faz agir em direção a outrem, que nos faz olharmos para nosso espelho e nos enxergarmos, que nos possibilita a vida, e nos faz sentir o amor daquele que primeiro nos amor e nos deu vida, e vida em abundância. Quer um bom ano?
Ame...

Um comentário:

  1. Já dizia nosso irmão: "Amor sem limites...". Que, de fato, nosso amor não seja limitado por nenhuma barreira, muito menos a religiosa...

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...