Seguidores, siga-os também... vale a pena

It's Really true!! Funciona mesmo!!

Curta! Enjoy it!
O mundo com olhar de criança...


Lembre-se de visitar os blogs parceiros e amigos, podendo acompanhá-los a partir deste blog, na seção abaixo dos posts.
Confira os vídeos!
Sinta-se à vontade!

Sua opinião é muito importante, por isso mesmo, comente!

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Em Santo Amaro...

Estivemos, eu, Pr Edinaldo e Rev João Marcos (o Didio), na Igreja Metodista em Santo Amaro (www.igmetodista.com.br) no último dia 21/nov, dentro da programação de aniversário de 85 anos da comunidade.
A direção foi realizada pela Reva Rute Bertoldo Vieira Moraes e a palavra pelo Revo Edvaldo Lima de Oliviera.
Houve um momento de recepção de novos membros, além da celebração da Santa Ceia. Linda igreja, em todos os sentidos. Assistimos também a uma ótima aula de Escola Dominical.
Seguem algumas fotos:
IMSA
Comunidade
Pr Edinaldo Julio
Rev Joao Marcos e sua esposa, Selena

Rev Edvaldo usando a palavra

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Acústico em Rudge Ramos

 Postarei algumas fotos do Acústico & Ao Vivo, realizado na Igreja Metodista em Rudge Ramos.

Foi um lindo momento, com três apresentações belíssimas: Daiane Monteiro (IM em Pinda), Johnny Mazza e o grupo de música local.

Me chamou a atenção, em uma perspectiva geral do evento, o grupo local de música da IMRR. Certamente não é uma igreja onde possuímos músicos virtuoses ou mesmo experientes, muito menos profissionais. Diferentemente dos outros grupos que tem muitos virtuoses. Não que o virtuosismo me anime,não, pelo contrário. O que me anima é a musicalidade, o fraseado. Raramente encontro um virtuose com um belo fraseado, quem dirá no meio cristão, igrejeiro.
Mas me animou na IMRR a coesão do grupo, com arranjos simples, porém com tudo no lugar certinho. Simplicidade em termos, principalmente, harmônicos e rítmicos. E eu gosto do simples, desde que seja bem executado, e na medida (e "pedida") da canção.
Às vozes, meus parabéns pela interpretação e arranjos vocais. Aos instrumentistas, idem!

Valeu muito a pena. Deus sempre esteve à frente.

Soundcheck (eu e o Du)

Soundcheck (eu e o Du)

Momento de oração com todo o grupo e organização

Rev Marcos Munhoz abrindo o evento com sábias palavras

Visão geral

Daiane Monteiro e Ministério Sob Promessas (IM Pinda)


Johnny Mazza



Pr Mauro Maiorino em sua prédica



Yuri Steinhoff



Yuri Steinhoff e Daniel Betts




Oração da Noite

Oração da Noite




Orando por todos os envolvidos no Acústico & Ao Vivo IMRR

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Sobre amarelinhos...

Sempre fiqeui observando os "amarelinhos" e seu trabalho aqui em São Bernardo do Campo.
E chegueia conclusão: de nada servem!

Me explico.

Reparem, pelo menos aqui em meu município, que eles apenas fazem o serviço do semáforo! Quando o trâmsito está carregado, eles chegam, estacionam seus veículos em cima do gramado de pracinhas, ou em cima da calçada mesmo, atrapalhando os pedestres, e se posicionam. Então começam a apitar e gesticular apenas repetindo os sinais dos semáforos! Não conseguem pensar em uma solução imediata, para aquele momento daquele dia, de amenizar o transtorno caótico deste transito sanbernardense. Algo como segurar uma fila, segurar quando abre o semaforo para desafogar uma outra parte, essas coisas. Mas, nada!
Somente são animadores de semáforo.
E quando se circula mais pela cidade, vemos muitos veículos estacionados em lugares proibidos (como na porta da escola das minhas enteadas, onde todo dia tem um carro estacionado na fila de embarque/desembarque). E onde estão os tais "amarelinhos"? Nem vi... Nunca vi...
Para um transito mal educado, somente educando-se a partir de pessoas capacitadas e não-alienadas-que-consigam-pensar.
Mas onde estão?

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Carta Pastoral sobre Racismo: abrindo os olhos para ver e o coração para acolher

 

(do Expositor Cristão on-line)
Nas vésperas do dia da Consciência Negra, 20 de novembro, a Igreja Metodista lançou a Carta Pastoral sobre o Racismo. O Colégio Episcopal apresenta-lhes essa Pastoral, orando para que aceitem, como igreja, o desafio de remover dos relacionamentos toda sombra de parcialidade, de discriminação e de acepção de pessoas, particularmente, o racismo.

Mensagem Episcopal sobre o Racismo

"Meus irmãos, não tenhais a fé em nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor da glória, em acepção de pessoas" (...) "Se, todavia, fazeis acepção de pessoas, cometeis pecado" Tiago 2.1,9

Você se considera uma pessoa justa? Você se opõe à discriminação (acepção de pessoas)? É possível que a maioria das pessoas goste de pensar a respeito de si mesma como imparcial e justa. A verdade, porém, é que não somos imparciais e justos como pensamos.
Temos preferências, temos "zonas de conforto" para interagir com outras pessoas. Temos mais facilidade de ter comunhão com pessoas "do nosso próprio círculo" do que com as de fora. Mas será que isso reflete a vontade de Deus para nós? E mais ainda: como podemos reagir a essa tendência?
É óbvio que Tiago, ao escrever à Igreja na dispersão, percebe a tendência à discriminação, mesmo no meio dos cristãos. Para ele, a discriminação é um elemento impeditivo para a maturidade cristã.
No primeiro capítulo de sua carta, Tiago vinha falando sobre a "religião pura". Agora ele parece afirmar que, além de visitar os órfãos e a viúvas, e de "guardar-se incontaminado do mundo", o/a cristão/ã deveria também resistir a toda forma de discriminação ou de acepção de pessoas.
Apresentamos-lhe essa Carta Pastoral, orando para que aceitemos, como igreja, o desafio de remover de nossos relacionamentos toda sombra de parcialidade, de discriminação e de acepção de pessoas, particularmente, o racismo. Assim, manifestaremos o Reino de Deus nos nossos relacionamentos.
São Paulo, 10 de outubro de 2010.

BISPO JOÃO CARLOS LOPES
PRESIDENTE DO COLÉGIO EPISCOPAL

confira a Carta Pastoral na íntegra em: http://www.metodista.org.br/conteudo.xhtml?c=10453 , além de estudo bíblica sobre o assunto!

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Grande achado!

Achei este vídeo no Youtube da época que toquei na Big Band, ou orquestra, do programa da Hebe Camargo, no SBT.

Dá até pra me ver tocando baixo. Neste, acompanhamos a Alcione e o Dudu Nobre, duas figuras ótimas, musicalmente e como pessoas, humildes e carismáticos.
Permaneci neste programa por 2 anos consecutivos, um período muito bom em minha vida profissional, e que me abriu várias portas. Ao meu lado vocês podem ver o Fernando Martins, guitarrista e produtor. Nos divertíamos muito nos programas! Quem assistia sempre nos via sorrindo, prestando atenção ao que rolava no programa e às piadas que rolavam. Curtimos muito mesmo, tiramos uma onda! Somente nós dois participávamos do esquema, e por isso éramos muito filmados. Bem bacana! Não fazíamos para sermos pegos pelas cameras, mas sim porque era natural para nos.
Também tive o prazer de tocar com grandes músicos como o Cassio Ferreira, que está top hoje, e merecidamente! Conheço desde os tempos de Fundação das Artes em que tocávamos na Big Band da instituição. E muitos outros excelentes músicos. 

Muitas histórias engraçadíssimas de bastidores. E também muito "puxar de tapetes".
Mas as coisas boas ficam na memória. Curtam!

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Vintage...

Esses dias tenho ouvido, novamente, muito Bill Evans Trio no album Sunday at the Village Vanguard...
O que mais me impressiona nessas faixas é o destilar poético de Scott La Faro, para mim, a maior referência em contrabaixo acústico.
Gravado em 1961, no dia 25 de junho em Nova Iorque, lá no Village Vanguard, dez dias antes do acidente que resultou na morte de Scott. Inclusive é comumente colocado no topo como o melhor album de jazz de todos os tempos, com todo o  merecimento, aliás.

A condução melodicamente criativa, e extremamente basilar para todo o contexto musical, de Scott La Faro é uma grande aula de baixo, texturas, percepção, emoção, fraseado. Somada ao impecável Paul Motian, forma a cama para Bill Evans. Particularmente tenho extrema afeição em curtir as conduções desse´baixista, mais até do que seus improvisos (não que esteja desmerecendo estes), mas não há baixista que saiba conduzir, dentro da proposta, tão bem quanto. Contemporâneo. E vintage. Timbre encorpado, definido, claro, sem esquisitices timbrísticas para ter reconhecimento. Reconhece-se pelo bom gosto, não pelo exótico. Com certeza é uma grande influencia até hoje. Possuia uma maneira muito particular de conduzir, resultando em um real diálogo com os outros músicos. Um diálogo no espectro sonoro. Uma grande inovação. Um avant-gard.

Gosto muito.

Um dos tais...

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

AUDIÊNCIA PÚBLICA SOBRE A EMESP (antiga ULM)

AUDIÊNCIA PÚBLICA SOBRE A EMESP (antiga ULM)


Data: Terça-feira 09/ Novembro / 2010
Horário: 19:00h
Local: Auditório Teotônio Vilela - ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE SÃO PAULO
Rua: Av. Pedro Álvares Cabral, 201 - Ibirapuera
Cidade/Estado: São Paulo - SP

Audiência Pública para informar a sociedade sobre todas as
irregularidades que ocorreram e estão ocorrendo na EMESP desde que a Organização Social Santa Marcelina Cultura assumiu a administração da ULM no início de 2009.

É IMPORTANTÍSSIMO A PRESENÇA DE TODOS OS ALUNOS, EX-ALUNOS, EX-PROFESSORES, PAIS DE ALUNOS, CLASSE MUSICAL E ARTÍSTICA E TODA A SOCIEDADE.
VAMOS DEFENDER a Universidade LIVRE de Música – TOM JOBIM !!!
PARA QUE A ESCOLA VOLTE A SER REFERÊNCIA DE ENSINO MUSICAL NO BRASIL,
NÃO PRECISAMOS DE MODELOS DE ESCOLAS DO EXTERIOR
JÁ TEMOS O NOSSO MODELO BRASILEIRO HÁ VINTE ANOS.

Movimento AGORA EU VOU FALAR  LUTO PELA ULM !!!

Solicitante: Dep. Estadual Carlos Giannazi

informações: http://br.mc1106.mail.yahoo.com/mc/compose?to=alunostomjobim@gmail.com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...