Seguidores, siga-os também... vale a pena

It's Really true!! Funciona mesmo!!

Curta! Enjoy it!
O mundo com olhar de criança...


Lembre-se de visitar os blogs parceiros e amigos, podendo acompanhá-los a partir deste blog, na seção abaixo dos posts.
Confira os vídeos!
Sinta-se à vontade!

Sua opinião é muito importante, por isso mesmo, comente!

sexta-feira, 9 de abril de 2010

...como a ti mesmo...

"E, aproximando-se, atou-lhe as feridas, deitando-lhes azeite e vinho; e, pondo-o sobre a sua cavalgadura, levou-o para uma estalagem, e cuidou dele; E, partindo ao outro dia, tirou dois dinheiros, e deu-os ao hospedeiro, e disse-lhe: Cuida dele; e, tudo o que de mais gastares, eu to pagarei, quando voltar". (Lucas 10.34-35)

Nestes últimos tempos tenho percebido e vivenciado a importância do "como a ti mesmo" no mandamento de Jesus. O amor tem que sempre partir internamente. É o interior transformado para afetar o exterior.
Não obstante, o amar ao próximo está intrinsecamente condicionado ao amar a si mesmo incondicionalmente. Tal experiência leva-nos a capacidade real de multiplicar este sentimento sem esquecer de si e de sua própria carga a ser carregada.
Neste texto, Jesus ensina-nos também isso, pois aquele que prestou socorro, cuidou do próximo em um ato humano de amor. Cuidou de suas feridas, prestou atenção aos detalhes, doando-se. Porém não anulou-se, não anulou a sua própria condição de ser alguém que também tem uma carga a ser carregada, e só ele podia carregá-la por ele. Após cuidar e deixar o surrado em um local seguro, deixa-o para ser cuidado por outrem, pois havia a necessidade de ele próprio sair para resolver alguma coisa. Podia ser qualquer coisa: pagar uma dívida, cobrar uma dívida, ir ao jogo do filho, ir ao cabeleireiro, praticar alguma atividade física, ir à reunião de oração, visitar um amigo, tomar um banho relaxante em um spa, enfim, qualquer coisa, mas era algo significativo para esta pessoa cuidadora dos outros e de si mesmo. Ser empático não significa se colocar no lugar da outra pessoa anulando-se, e anulando sua própria vida, sua necessidades, desejos e compromissos. E, ao cuidar de si, não significa a anulação do cuidado com o próximo, mas um reforço do cuidado com o próximo, pois, reservando um tempo para o cuidado de si, oferece-se condições propícias para o cuidado com o próximo. Isso fica evidente quando diz no texto "quando voltar". O bom samaritano reserva um tempo para si, para cuidar de sua vida, mas não esquece o fato de que há um oprimido, não esquece que há um necessitado precisando do seu amparo.

E ele retorna.

"E dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me"

2 comentários:

  1. você fala muito bem, precisei ficar com o dicionário do meu lado. bem... usei o google, mas isso não importa. parabens, ganhou o meu respeito!

    ResponderExcluir
  2. Oi amor... depois de muito tempo eu finalmente faço meu primeiro comentário no seu blog. Sabe o que acontece, tenho medo de escrever errado e você me corrigir depois ou me lembrar de que é necessário usar vírgulas e outras coisas. Bom mas o que importa mesmo é o que eu escreverei a seguir.

    Realmente precisamos repensar o modo de como colocamos em prática esse mandamento, estou aprendendo isso da maneira mais difícil, ainda bem que Deus coloca anjos em nossa volta para nos auxiliar nesses momentos, Você, minhas filhas, minha mãe, meu pai, a Cá e a Rafa são alguns desses anjos. Pessoas que apesar de todas as dificuldades e problemas estão me ajudando e me fortalecendo. Às vezes eu pensava que Deus só poderia usar pessoas evangélicas, "de igreja", para me ajudar e o fato é que Deus usa quem Ele quiser, o que Ele quiser e quando Ele quiser, para fazer o que for necessário ser feito. Demorei para aceitar mas ...
    ... A vida segue e vamos vivendo, e que Deus nos ajude sempre.

    Te amo meu japinha.

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...