Seguidores, siga-os também... vale a pena

It's Really true!! Funciona mesmo!!

Curta! Enjoy it!
O mundo com olhar de criança...


Lembre-se de visitar os blogs parceiros e amigos, podendo acompanhá-los a partir deste blog, na seção abaixo dos posts.
Confira os vídeos!
Sinta-se à vontade!

Sua opinião é muito importante, por isso mesmo, comente!

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

HONDURAS: Militares prendem pastor e advogado

O secretário-geral do Serviço Paz e Justiça para a América Latina (Serpaj), advogado Gustavo Enrique Cabrera, o pastor menonita Cesar Carcamo e mais outras 20 pessoas foram presas ontem à tarde na cidade de San Pedro Sula, a 250 km ao norte da capital.

ALC
Tegucigalpa, segunda-feira, 30 de novembro de 2009

O Conselho Latino-Americano de Igrejas (Clai) prepara rede de solidariedade e denúncia internacional contra esse ato arbitrário das forças militares hondurenhas, que reprimiram com uso da força, no início da tarde de ontem e na mesma cidade, manifestantes convocados pela Frente Nacional de Resistência.

Enrique Cabrera integra a Missão Internacional para a Observação dos Direitos Humanos em Honduras, organizada pelo Clai. A notícia da prisão do advogado e do pastor foi divulgada pelo Observatório Ecumênico das Igrejas do Clai, instalado em Honduras para acompanhar o processo eleitoral e sucessório no país, e pela Rádio Globo, de Tegucigalpa.

O presidente do Serpaj-América Latina, o Prêmio Nobel da Paz Adolfo Pérez Esquivel, também se pronunciou contra a prisão ilegal de Cabrera e de Carcamo.

O vice-ministro de Segurança, ex-major da polícia Saul Bueno Masariegos, prometeu à fiscal especial dos Direitos Humanos em Honduras, advogada Sandra Ponce, que libertará os detidos depois das investigações de rotina.

O representante do Serpaj, o pastor menonita e o comunicador Gilberto Rios foram conduzidos até o Serviço Especial de Investigação (DGSEI) para interrogatório.

O Observatório Ecumênico das Igrejas também confirmou ações de repressão em San Pedro Sula, em que forças militares e policiais usaram tanques, lançaram bombas de gás lacrimogêneo e cercaram os manifestantes, para que ninguém escapasse.

Com base em denúncia de perseguição política, o Clai e organismos de defesa dos direitos humanos do país coordenaram a saída do dirigente popular Gregorio Baça e sua família de Honduras para San Salvador, por medida de segurança.

A missão internacional de observadores, organizada pelo Clai, é coordenada pelo pastor suíço Bernardo Erni.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...